IGREJA PRESBITERIANA DO JARDIM GUANABARA

MARIA LOPES CAVALCANTE

29/06/1911 - 28/12/2006

 


Casal Maria Lopes Cavalcante e Apol�nio Cavalcante

 

UMA VIDA PRECIOSA E ABENOADA

 

            Maria Lopes Cavalcante nasceu na cidade de Quebrangulo, Alagoas, em 29 de junho de 1911. Era filha de Luis de Frana Albuquerque Cavalcante e Alexandra Cavalcante Albuquerque. Ainda mocinha veio com sua famlia para o Estado de So Paulo, tendo se fixado por alguns anos na Alta Paulista, precisamente na cidade de Vera Cruz (fundada por seu tio Porfrio Cavalcante).

 Em 1942 veio para Campinas com sua me e seu irmo Enoch Cavalcante Albuquerque. Em Campinas reencontrou e reconheceu seu primo Apolnio Lopes Cavalcante, com quem se casou em 15 de Agosto de 1942. Dessa unio nasceram dois filhos: Odalia (que se casou com o Rev. Oscar Ihms de Faria) e Srgio.  

 

        No final dos anos cinqenta o casal aceita o Evangelho e recebido por profisso de f e batismo, na Igreja Presbiteriana Central de Campinas, pelo Rev. Amrico Justiniano Ribeiro.

              Foi membro fundador da Igreja Presbiteriana do Jardim Guanabara e assdua scia da Sociedade Auxiliadora Feminina, tendo colaborado por muitos anos, com a Sala de Costura �Dorcas� e com o trabalho de artesanato. Foi fiel discpula de Jesus Cristo e propagadora do seu evangelho durante os meses em que esteve internada no Hospital Samaritano, levando a Palavra do Senhor a mdicos e enfermeiros, dando testemunho de f e perseverana.

Deixa cinco netos: Oscar Junior, Lisandre e Marcelo, Fernando e Lia, Fbio e Daniel; Os bisnetos: Oscar Neto, Caio, Pedro e Ceclia; Os filhos Odalia e Oscar, Srgio e Beatriz. �O Senhor a deu, o Senhor a tomou. Bendito seja o nome do Senhor�. (Testemunho de sua filha Odalia)

            A Igreja Presbiteriana do Jardim Guanabara d graas a Deus pela vida de d. Maria Lopes Cavalcante, reconhece sua prestimosa coopera��o junto Comunidade Guanabarina e roga a Deus que console a todos os membros de sua famlia.

            Deus seja sempre louvado!

Equipe Pastoral da IPJG