Valdir Carvalho Luz

REV. DR WALDYR CARVALHO LUZ

“Preciosa é aos olhos do Senhor

           A morte dos seus santos.”Salmo 116:15

            Curitibanos, 18 de março de 1917

 

         Campinas, 27 de agosto de 2013

 

 

 

 UM BREVE HISTÓRICO DE UMA VIDA ABENÇOADORA

 

            Quem teve o privilégio de ler o livro “Nem General Nem Fazendeiro, Ministro do Evangelho, escrito por Dr. Waldyr Carvalho Luz, editado pela LPC e prefaciado pelo Dr. Lisias Nogueira Castilho, conheceu em detalhes a vida e obra deste servo Deus, de quem hoje nos despedimos.

            No prefácio lemos: “...este livro foi escrito com o coração, o que o distingue de toda a vasta produção intelectual do autor. Pode-se ler nele o Homem: o filho querido, o marido apaixonado, o pai dedicado, o avô deslumbrado, o amigo fiel, o pastor amoroso. Revela-se também nesta obra o homem de personalidade fortíssima, de vontade férrea, com um quê de obsessão e outro de paixão. Obsessão pelo cumprimento das normas, pela observância dos princípios éticos, pela disciplina e pelo direito. Paixão pelos livros, pela cultura, pela busca incansável do conhecimento.”

            Segundo ele mesmo escreveu, “datas há que são marcos refulgentes, esplêndidos, deslumbrantes, a pontilharem de luz a caminhada da existência. Dentre tantas e tão significativas, rememoro o dia de minha profissão de fé, na Igreja Unida da rua Helvétia em São Paulo, quando fui batizado pelo Rev. Miguel Rizzo Júnior, em 7 de agosto de 1938; o dia de minha formatura no Seminário Presbiteriano do Sul, em 13 de novembro de 1942, e minha ordenação ministerial, em Pirai do Sul, Paraná, em 23 de janeiro de 1944; O dia em que recebi, em Princeton, o diploma de Mestre em Teologia, 16 de agosto de 1946 e o diploma de Doutor em Teologia, 12 de outubro de 1948, que seria convalidado em 30 de maio de 1972, como PhD (Doutor em Filosofia). O dia em que, com indizível emoção fui aguardar, no aeroporto de Congonhas, a chegada da Amélia , com quem, após cinco intermináveis anos de espera, me havia casado por procuração, em 30 de novembro de 1949; O dia em que nasceram Waddell (16 de outubro de 1951) e Lysis (4 de junho de 1955), os filhos tão desejados, que nos vieram enriquecer o lar e a vida com sua vivacidade, afeto e dedicação.

            Outras datas registradas pelo biografado são: Lançamento dos primeiros dois volumes da tradução da INSTITUTAS (31 de outubro de 1985); Os três alentados volumes do Manual de Grego (19 de abril de 1991) Outra data (25 de outubro de 1991 em que a Universidade Mackenzie, lhe conferiu a distinção de PROFESSOR EMÉRITO; Dia 7 de outubro de 1992, em que a Direção do Seminário Presbiteriano do Sul lhe conferiu, em culto solene, o Diploma de Honra ao Mérito.

            Ele encerra seu livro com as seguintes palavras: “Creio que posso parodiar o Apóstolo Paulo, dizendo que pelejei a boa peleja, corri firme a carreira a que me propus, e mantive integra a fé,...”

            Portanto, este é um momento de gratidão a Deus pela vida deste homem que deu bom testemunho do Evangelho de Cristo e da graça de Deus.  Deus seja louvado!

            À Amélia, Lysis, Waddell, Rosana. Tatiane e Gustavo, nossa simpatia cristã.  

Equipe Pastoral da I.P.J.G